/* PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力: PORTUGAL TELEMÓVEIS E O RISO EM HI HI HO

PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力

LES PRIVILÉGES DE SISYPHE - SISYPHUS'PRIVILEGES - LOS PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO - 風想像力 CONTRA CONTRE AGAINST MODERNISM Gegen Modernität CONTRA LA MODERNITÁ E FALSO CAVIARE SAIAM DA AUTOESTRADA FLY WITH WHOMEVER YOU CAN SORTEZ DE LA QUEUE Contra Tudo : De la Musique Avant Toute Chose: le Retour de la Poèsie comme Seule Connaissance ou La Solitude Extréme du Dandy Ibérique - Ensaios de uma Altermodernidade すべてに対して

2007-10-09

PORTUGAL TELEMÓVEIS E O RISO EM HI HI HO

Cada vez que vejo nomear um novo inspector da PJ penso que estou no México. O ar acetinado e farto do bigode, uma típica e atávica tristeza merencória no olhar, avisa-me que ali há México puro, além de complicações não resolvidas de infância, traumas milenários, uma frustração.

É que ser braço da Lei é muito parecido com ser fora-da~lei. No jogo dos polícias e ladrões, uns e outros, no fundo são indistinguíveis. Depois a dialética hegeliana faz com que o perseguidor e o perseguido se osmotizem, ou seja os contrários afinal são semelhantes. O polícia acaba por ter sempre uma parte de ladrão, tal como o ladrão acaba por ter uma parte de polícia.

Nos últimos tempos, em que fui sucessivamente detective de sofá, Maigret alentejano e o Repórter X ( morfei nesses personagens graças às minhas hormonas detectivescas activadas pelo caso Maddie) não pude deixar de pensar que aquela menininha (Paz para ela onde quer que esteja) tinha poderes com que o Paulo Coelho, o escrevinhante brazuca que fornece magia a todas as porteiras do mundo, nunca sonhou.

A menininha Maddie conseguiu pôr no olho da rua um senhor gordo de bigode, com ar de mexicano, e substituiu-o por um senhor magro, de bigode, com ar de mexicano.
Conseguiu com que finalmente toda a nação (excepto um milhão de alcóolicos, e 6 milhões de xanaxados, além dos terminais à paisana e os verdadeiros) visse o supremo chefe da PJ. É um senhor que fala em "hás". Há que ter reserva, há que ter contenção, um homem cheio de reservas e cuidados e ademanes precautórios. Só de ouvi-lo, e levá-lo a sério, fica~se com angústia garantida para uma semana (Andarei a falar demais no talho? Não me contive ao olhar para uma lata de atum no supermercado? O meu olhar para a taxa que sobe dos juros do meu crédito foi imprudente?) O director da PJ lembrou-me o director do meu colégio de religiosos, que também era homem de voz cuidadosa e angustiada, cheio de cuidados, de reservas e de contenções de linguagem. Pareceu-me a Encarnação do Luso Polichinelo Respeitável, o homem sigiloso, precato, prudentinho, contido, cheio de pontos nos ís, cheio de traços no Tê e também cheio até às bordas de Há-Quês, e não menos cheio de Notas, com a cabeça, gafada, em forma de Ponto Um, Ponto Dois, Ponto Três.

E aquelas roupas beige claro de menisco operado, de testemunha de Jeová rica! E a gravata! Atrás e ao fundo do Director da PJ, na sua primeira aparição aos Povos Celtíberos, estava a Enciclopédia Luso-Brasileira, que nunca me pareceu tão vigilante, com a capa tão negra e inflexível, contendo toda a Dura Lex Sed Lex.

Mas, adelante! Voltando à menininha Maddie - de facto, que poder! - ela conseguiu revelar ao mundo que a PJ portuguesa é composta por uma série de inspectores mexicanos. E que além dela ainda há cromos british para encher todas as BDs do planeta, tais como detectives ingleses reformados, com Máquinas de Descobrir Desparecidos.


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home