/* PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力: ORAÇÃO FÍNEBRE COM VERMUTE AO FUNDO

PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力

LES PRIVILÉGES DE SISYPHE - SISYPHUS'PRIVILEGES - LOS PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO - 風想像力 CONTRA CONTRE AGAINST MODERNISM Gegen Modernität CONTRA LA MODERNITÁ E FALSO CAVIARE SAIAM DA AUTOESTRADA FLY WITH WHOMEVER YOU CAN SORTEZ DE LA QUEUE Contra Tudo : De la Musique Avant Toute Chose: le Retour de la Poèsie comme Seule Connaissance ou La Solitude Extréme du Dandy Ibérique - Ensaios de uma Altermodernidade すべてに対して

2008-01-07

ORAÇÃO FÍNEBRE COM VERMUTE AO FUNDO


Olá Luís PACHECO Lá no porão infecto do inferno onde te encontras: agora vão cuspir por cima do teu caixão e chamar-te génio, irreverente, maldito. Mais graxa universitária para cima. Espero que tenhas voltado a fintar o teu Anjo da Guarda e seduzido Mefistofeles, e empinado no pénis tenhas escrito num copo cheio de tinto que as coisas são simples: ou as pessoas se rendem ou não. E tu sacana oportunista admirável, recebias esmola com um manguito. Não foste tu o inventor do Porta-Manguito? Nunca te rendeste.
Puseram-te em Câmara Ardente na Basílica da Estrela, se calhar vai passar por lá o presidente ou um desses gajos da cultura, que se curvará diante do teu esqueleto fermentado. Tá certo. Passam a vida a curvar-se diante de esqueletos fermentados. Não tem mais fermentação para além disso.
Que é que a Imprensa, esgotada do miolo - porque o vendeu e mal . vai dizer de ti? O Grande Maldito ou uma treta no género.
Pois eu acho que tu eras o Raposa Imaculada do verbo, fugias a rir com as melhores citações roubadas aos piores autores. Depois pisavas a mistura. Vi-te aos saltos várias vezes sobre cabecitas jivarizadas do DivinUH Marquês, que como sabes tinha aí umas sete. Eras também Bendito porque do teu cérebro promanava uma luz trémula como um alcool perturbado. E tinhas a reverência pela cama em todas suas ascenções e sobretudo descidas.
Num país de parideiras médias pariste muitos livros, filhos, filhozes e muitas bebedeiras que acabaram bastante mal. Andaste ao colo com livros e também te fartaste de rir, mesmo depois de cego. Por isso neste dia em que sei da tua morte pulo e danço e bebo uma zurrapa qualquer. Quem está lá na Câmara daquela Basílica dos Grandes Mofos não és tu, carcassa admirável, abutre dos himalaias, higienista oculto da melhor luz astral lusa. A que pinga de uma pipa de antes do mundo.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home