/* PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力: OUT ONO

PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力

LES PRIVILÉGES DE SISYPHE - SISYPHUS'PRIVILEGES - LOS PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO - 風想像力 CONTRA CONTRE AGAINST MODERNISM Gegen Modernität CONTRA LA MODERNITÁ E FALSO CAVIARE SAIAM DA AUTOESTRADA FLY WITH WHOMEVER YOU CAN SORTEZ DE LA QUEUE Contra Tudo : De la Musique Avant Toute Chose: le Retour de la Poèsie comme Seule Connaissance ou La Solitude Extréme du Dandy Ibérique - Ensaios de uma Altermodernidade すべてに対して

2008-10-06

OUT ONO


out ono (fora do ono)
greve genial dos gafanhotos
o animalário arrefece

as laranjas batem na cabeça
do homem verde

e o sol do alentejo é chá japonês
(convenceram-me a tomá-lo)

e eu que queria injectar um soneto
ou dois na veia
durante todo o dia fico a olhar
uma teia de A
ranha

(os meus brônquios são pentes
esquisitos, descodificam carbono
em cada prana)

Fugi do Hospital
das Rimas
com formigas penduradas
na Na
rina

Rima e narina, laranja e tangerina,
o Out
Ono
está out e tenho sono

se eu fosse um ouriço?
Mas eu já sou bicudo. Pico
sílabas co'a narina

Cato os piolhos do sentimento
sou um espantalho
por cima de um catavento
tudo disposto na máquina
patafísica
dos párraraios
do
pensa
mento

Out ono e os ovos vem tremidos
pelo fio do telefone fixo

o homem verde bate nas laranjas
com a respiração
delicada constelação:
vinha rubra
com fuga parda

(Bach na vitrola
Freud na consola
O john lennon das folhas caídas
a beber o sumo das sombras)

e eu? sou um cientista maluco
fingido de poeta
apanho asas de dínamos
que colo
nos mínimos

faróis da rima
e tangerina

out ono estrelas
para grilos
enquanto escorrego
por vales e sílabos
carregados da assassina
poesia

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home