/* PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力: o espírito tin-foil

PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力

LES PRIVILÉGES DE SISYPHE - SISYPHUS'PRIVILEGES - LOS PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO - 風想像力 CONTRA CONTRE AGAINST MODERNISM Gegen Modernität CONTRA LA MODERNITÁ E FALSO CAVIARE SAIAM DA AUTOESTRADA FLY WITH WHOMEVER YOU CAN SORTEZ DE LA QUEUE Contra Tudo : De la Musique Avant Toute Chose: le Retour de la Poèsie comme Seule Connaissance ou La Solitude Extréme du Dandy Ibérique - Ensaios de uma Altermodernidade すべてに対して

2006-09-30

o espírito tin-foil

Olá infiéis

O espírito tin-foil precisa de ser explicado? Quem o tem? Por exemplo o poeta VGM é contra a liberalização da marihuana, logo tem espírito tin-foil.

O ministro das Obras Públicas quer 300 km de estrada nova todos os anos, tem espírito tin-foil.

O presidente Cavaco quer um "país de sucesso". A frase e o presidente tem espírito tin-foil.

Mas o Papa faz ginástica à janela diante de toda a gente. Terá espírito tin-foil? Não. Tem um chapéu roubado ao cardeal do surrealismo, mais vermelho que cranberries de um quadro de Bulwer-Lytton ou dos lábios de uma musa dos pre-rafelitas (pink carnation, deadly look). Tem uns sapatinhos igualmente rubros emprestados por Madame Castafiori. O Papa é pós-tin-foil.

A TVI é a encarnação do espírito tin-foil na terra.

Todos os pivots da TV e quase todos os presidentes de clubes de futebol (salvo o Soares Franco do Sporting) além de pimba-mafioso, tem espírito tin-foil.

Mas o que é o espirito tin-foil, afinal ? É super zen. Dobra-se e depois desdobra-se: apanha tudo e não está lá dentro nada.

Link

2 Comments:

Anonymous o cata rãs said...

Caro Miguel:

desta vez, escrevo de luz acesa, a rã já se foi deitar, é muito sensível às luzes artificiais e eu só consigo ler blogs à noite. De noite comento e de dia vejo chocado as minhas gralhas, ora isto não pode acontecer, pois acredito que os tin-foils, como bem classifica o Miguel, é que escrevem de qualquer maneira, afinal de conta, no emprego ninguém deseja que escrevam bem e se forem chefes também não é esperada tal proeza.
Tenho como máxima: "Mostra-me como escreves dir-te-eí quem és".
E se o valor de uma pessoa fosse apurado não pelo número de auto-estradas que atravessou ou mandou construir mas pela maneira de escrever saber-se-ía que o país ainda é mais atrasado do que pensamos.

10:58 da tarde  
Blogger Miguel Drummond de Castro said...

Se o valor de uma pessoa portuguesa fosse apurado pela maneira como escreve...assistiríamos à desvalorização de quase 100% dos habitantes.
Estamos outra vez como na China de há mil anos atrás, em que havia vários graus de mandarins ou letrados, dominando mais de quatrocentos ideogramas. Um mandarim de 1 classe dominaria 2.000 ideogramas, um de 2, uns 1700 e por aí fora.
O vulgo da população chinesa nem 100 conheceria. Isto acontece agora, em Portugal, onde muita gente não tem mais de 100 palavras (por isso se ouve tantas vezes dizer não tenho pºalavras para descrever...e, de facto, não tem)....e a linguagem "pinta"dos SMS com os seus Kkkkks veio dar uma machadada substancial.



MDA, sino-português, mandarim de 4 classe, licenciado em pirosfosfato e terceiro grau de Alchimiste du Langage, Ordem do Tosão de Enxofre.

12:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home