/* PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力: OS DIAS ZERO

PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力

LES PRIVILÉGES DE SISYPHE - SISYPHUS'PRIVILEGES - LOS PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO - 風想像力 CONTRA CONTRE AGAINST MODERNISM Gegen Modernität CONTRA LA MODERNITÁ E FALSO CAVIARE SAIAM DA AUTOESTRADA FLY WITH WHOMEVER YOU CAN SORTEZ DE LA QUEUE Contra Tudo : De la Musique Avant Toute Chose: le Retour de la Poèsie comme Seule Connaissance ou La Solitude Extréme du Dandy Ibérique - Ensaios de uma Altermodernidade すべてに対して

2007-01-24

OS DIAS ZERO

Esta combinação de cartesianismo, socialismo global (de cor imperial ou paroquial, tanto faz) e necrofilia em que temos o gosto cínico de viver sem dúvida contribui para o aumento do número de bombeiros, de subúrbios e de audiências.

Tempo dos medíocres com talento. E enquanto os jornais se preparam para novos formatos - a luta contra os jornais gratuitos é feroz, estes melhoraram, sem dúvida - vão despedindo gente.

Depois do SOL (bulímico jornal que quer ser tudo e ainda não conseguiu ser algo) e do Expresso novo formato - pequenote, para se aparentar ao tablóide da concorrência, chegou a vez do Público mudar de formato. Vai também ter uma font só dele, feita por um homem que mexeu no Guardian . Vai ter muitas cores. E vai ser um jornal completamente editado, ou seja - fim-do-estilo-pessoal. Início do estilo editado, normalizado. Triunfo do Insecto Colectivo.

Esta necessidade dos jornais terem muitas cores...Postulado - Quanta mais cinzenta é a cabeça mais necessidade tem de se apresentar colorida.


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home