/* PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力: Benvindo ao silêncio autoritário do igualitarismo

PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力

LES PRIVILÉGES DE SISYPHE - SISYPHUS'PRIVILEGES - LOS PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO - 風想像力 CONTRA CONTRE AGAINST MODERNISM Gegen Modernität CONTRA LA MODERNITÁ E FALSO CAVIARE SAIAM DA AUTOESTRADA FLY WITH WHOMEVER YOU CAN SORTEZ DE LA QUEUE Contra Tudo : De la Musique Avant Toute Chose: le Retour de la Poèsie comme Seule Connaissance ou La Solitude Extréme du Dandy Ibérique - Ensaios de uma Altermodernidade すべてに対して

2006-10-15

Benvindo ao silêncio autoritário do igualitarismo

A unidade despótica mínima do mundo contemporâneo, aquela que representa a pulsão militarista, a ordem religiosa e escolar e a obediência cega à temporalidade é a "bicha", a fila.

No mundo animal parece que apenas as formigas, Insecto Colectivo por excelência, adoptam a postura da "bicha".

Paradoxal chamar bicha a uma coisa que não tem nada de bicho?

A bicha, como elemento civilizador despótico para proteger os direitos de primazia temporal dos mais fracos e de quem "chegou primeiro", leva àquilo que a defesa autoritária dos mais fracos em geral formata: torna a todos mais fracos em nome da protecção do fraco.

Inspirada nos valores funcionalistas (e autoritários) da linha recta a bicha impede o turbilhão de movimentos que caracteriza um corpo livre, um corpo rebelde.

Os corpos submissos sentem-se bem na bicha - a ordem reina, pode-se beijar a mão do rei um de cada vez, beijar as sandálias do papa um de cada vez, lamber o selo fiscal e lamber o cu linear do sistema burocrático um de cada vez.

O antagonista da "bicha" seria a horda mongol, em que um belo caos imaprável desorganizaria o quadriculado metódico da Ordem do Império. Por isso o saudável retorno do nómada põe sempre em cheque e situação admirável de ocaso o status quo.

Troca-o, com uma rosa carnívora atravessada na boca, pelo status quid. Entretanto, os santos podem ficar de mãos unidas nos seus túmulos junto dos reis.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home