/* PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力: O INVULGAR INFULGOR DA ESCRITA (dos cadernos de Pan)

PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力

LES PRIVILÉGES DE SISYPHE - SISYPHUS'PRIVILEGES - LOS PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO - 風想像力 CONTRA CONTRE AGAINST MODERNISM Gegen Modernität CONTRA LA MODERNITÁ E FALSO CAVIARE SAIAM DA AUTOESTRADA FLY WITH WHOMEVER YOU CAN SORTEZ DE LA QUEUE Contra Tudo : De la Musique Avant Toute Chose: le Retour de la Poèsie comme Seule Connaissance ou La Solitude Extréme du Dandy Ibérique - Ensaios de uma Altermodernidade すべてに対して

2008-03-04

O INVULGAR INFULGOR DA ESCRITA (dos cadernos de Pan)


Quem de facto escreve, com generosidade 5 ou 6 pessoas em Portugal, sabe que tem que se passar por uma fase noite escura da pirotecnia, na qual se o escritor tiver paciência e trabalho, lança pela borda fora a cintilância, o féerico e a bolha de champagne e também se despede feroz ou alegremente da publicidade ao brilhozinho na sílaba.

Assim, tendo pelo caminho excluído o destino e a sorte, e mesmo aquele primeiro verso dado pela Musa, o escritor chegará à sua essência surda e opaca, à terra do seu em-si, onde as nuvens são subterrâneas e os grandes rios cruzam os céus.

Mas há muito mais para a frente, de facto, só agora a jornada começou, plenamente sem objectivos, até chegar à "unio mystica" com o Verbo que não se cansa de re-escrever todas as coisas.

A plenitude incompleta, podia-se chamar a esse estado gratuito e infiel às possibilidades racionais da era. Mas que tem que ver com a ascenção de todas as coisas, não à fantasia e à fábula, mas a uma super-realidade.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home