/* PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力: Pormenores Modernistas

PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO 反对 一 切 現代性に対して - 風想像力

LES PRIVILÉGES DE SISYPHE - SISYPHUS'PRIVILEGES - LOS PRIVILÉGIOS DE SÍSIFO - 風想像力 CONTRA CONTRE AGAINST MODERNISM Gegen Modernität CONTRA LA MODERNITÁ E FALSO CAVIARE SAIAM DA AUTOESTRADA FLY WITH WHOMEVER YOU CAN SORTEZ DE LA QUEUE Contra Tudo : De la Musique Avant Toute Chose: le Retour de la Poèsie comme Seule Connaissance ou La Solitude Extréme du Dandy Ibérique - Ensaios de uma Altermodernidade すべてに対して

2006-11-16

Pormenores Modernistas


Quando no início do século XX o Modernismo era novo e lúdico, trepando pelas fachadas, conseguia surpreender. Articulava-se o pathos da história com a história da casa em que se inseria, rodeava a intimidade do habitar com a dynamis própria da história. Criava a vigilância, demarcava e ampliava um novo castelo, um castelo de habitar, humanizado, com a grandeza dos antigos e a nobreza de um novo século de possibilidades - nada mais ofensivo para a humanidade do que a chamada habitação social, pobres caixotes globais das vastas manchas suburbanas, desprovidas de tempo e dynamis, e de espaço outro que não o concentracionário e onde se prendem com linhas de miséria os novos miseráveis com automóvel, televisor, portátil e cartão bancário.


Os governantes ainda dados a divagações sobre como dar resposta aos anseios das massas, deviam saber antes do mais que qualquer homem comum, além do pão, anseia por luxo, calma, espaço e volúpia. Eu votaria num partido que claramente dissesse - vamos preocupar-nos em tornar a vossa vida mais luxuosa e menos rápida. E que cortasse de uma vez para sempre com a eterna miséria do discurso do sacrifício.

O que se pode concluir? em Portugal todas as cinturas e mega cinturas sub-urbanas estão erradas. O crescimento em casca de betão contínuo produziu uma monstruosa cebola arquitectónica que já à nascença cheira a podre. Pode perfeitamente haver cidades grandes e mesmo mega cidades. O problema não é de tamanho, porque se pode conceber em escala grande com bastante sucesso, o problema é de estilo - coisa que falta aos nosso governantes desde há dezenas de anos. Nunca se referem a ele. Sintomático. E isso simplesmente porque não o tem.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home